Caso Bruno Ernesto: promotora cobra e secretário não dá explicações sobre balas usadas no crime

1
Comentário
  1. Ailton disse:

    Caso de Paulinho Cavalcante moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *