Mídia nacional ironiza que “finalmente” o governador se dispôs a cumprir uma decisão judicial

9
Comentários
  1. Ac disse:

    Nessa hora é que se vè que não existe doido.

  2. andre disse:

    VAMOS DERROTAR ESTE MONSTRO NAS ELEIÇÕES DE 2018

  3. Antonio dias disse:

    Que seja seguido por outros juizes!!!

  4. SAION disse:

    Perguntar não ofende. E o caso do Ipep? Quando a justiça faz fazer valer a decisão do Supremo tribunal federal?

  5. Cláudio Pio de Sales Chaves disse:

    Os pilares de sustentação do estado democrático de direito são patrimônio da sociedade civilizada, não podendo ficar a mercê de soldado de polícia, servidor administrativo, governador, juiz ou de quem quer que seja…

    esses princípios são patrimônio de toda uma sociedade e das gerações futuras, cabendo-nos hoje, preservá-los, para que amanhã não apareçamos como supressores das liberdades do passado…

    essa postura de negar cumprimento as ordens da justiça pode se voltar contra o próprio descumpridor; daí, ser imperioso que, de mãos dadas, preservemos o sagrado santuário das liberdades civis…

  6. Otto Junior disse:

    Agora pague não!!
    Se os outros juízes fizessem do mesmo jeito, o governador já teria pagado arrisca os outros processos da Paraíba que correm nos tribunais contra ele. Tenho a certeza que os funcionários do IPEP já teriam recebido a muito tempo o que lhes foi tirado por este governador tirano.
    Por isso tem um ditado popular que se diz: O CASTIGO VEM A CAVALO, e depois não fique se lamento E PROCURANDO SABER do PORQUÊ!!!

  7. mancha verde disse:

    Ja estava na hora de o Judiciário através desta corajosa magistrada, mostrar ao Governador do estado, que o poder do executivo tem limites.
    Bastou mexer na carteira do rei, que ele obedeceu fielmente.
    E bom lembrar , que a justiça em outros estados já começou colocar ex-governadores no xadrez, por mal versação dos recursos públicos, e abuso de poder.

  8. gomes disse:

    É o início da derrocada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *