O demagogo e o politicamente correto, confira com Palmarí de Lucena

3
Comentários
  1. Silvio disse:

    Pobre Trump. Caiu em desgraça por adotar como legítimo o combate ao “politicamente correto”. Na última eleição americana a candidata democrata, e o seu marido, se envolveram nos escândalos mais cabeludos da história política daquele país, foram acusações de estupros praticados pelo marido garanhão e amparados pela cumplicidade da esposa, a imprensa decidiu fazer vistas grossas embora o galego estuprador já tivesse um histórico cheio de testosterona, foi ele o dono da patente do charuto herótico, aquele usado nas vias orais da Mônica estagiária. Por outro lado, o Trump foi acusado, julgado e condenado pela imprensa como o autor do imperceptível comentário machista feito a um grupo de mulheres. A bem da verdade, toda essa polêmica, em torno do presidente americano, é a mais tola perda de tempo, ele continuará comendo e cagando pra essa campanha anti – Trump.

  2. Ac disse:

    Se Deus quiser, o Brasil terá um povo único e não segmentado por engenheiros sociais quw pregam a beleza do coletivo quw sœ coletiviza a pobreza e distorce a verdade por um plano de poder eterno,não peecisa ir longe quem viveu psb1e anos de PT ou os 8 se PSB , de origem petista,sabe muito bem o q não quer.

  3. Silvio disse:

    Alguém fale para o “intelectual”, autor da matéria, que nos últimos 32 anos o Brasil padece pela falta de políticos de direita. O máximo que existem na nossa política são dois seguimentos da mesma placenta: A esquerda palitó e a esquerda radical.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *