12 Resultados

Para o termo "comprar deputados".

Procurador decide investigar denúncia de RC de que poderia comprar deputados por R$ 300 mil

Se depender do Ministério Público Eleitoral não vai cair no vazio a denúncia do governador Ricardo Coutinho de que bastava pagar uma “gratificação de R$ 300 mil” para ter o deputado que quisesse na Assembleia Legislativa. O procurador Rodolfo Alves (Regional Eleitoral) encaminhou ofício à Casa solicitando informações sobre a troca de apoio por dinheiro entre os parlamentares.


Deputados votam 6% de reajuste para funcionários da UEPB mas Governo ainda pode vetar

Mais um confronto à vista entre o Governo Ricardo Coutinho e a Assembleia. Os deputados acabam de votar, nessa última sessão antes do recesso parlamentar, emenda aumentando de 5% para 6% o percentual de aumento destinado aos funcionários da Universidade Estadual da Paraíba. O governador, como se sabe, já se manifestou contra esse reajuste.

Segundo o deputado Raniery Paulino, o aumento visa contemplar “pelo menos o índice inflacionário de aproximadamente 6%”. A matéria ainda poderá ser vetada pelo governador. Nesse caso, voltará para os deputados apreciarem o veto. Caso isso ocorra, a tendência será a derrubada do veto, já que a bancada de oposição tem, atualmente, cerca de 26 votos, contra dez do governador.


RC tirou dinheiro da saúde para comprar o avião usado pela primeira-dama

A denúncia é do deputado Gervásio Filho: “O Governo (Ricardo Coutinho) tirou R$ 6 milhões da área de saúde, destinados à construção de uma Maternidade em Catolé do Rocha, e usou o dinheiro, que era do empréstimo do BNDES II, para a aquisição de uma aeronave.” Gervásio fez o desabafo após verificar “o caos no Hospital Américo Maia de Catolé do Rocha”.

Para o deputado, “é vergonhoso que está ocorrendo na saúde pública da Paraíba.” E reiterou: “Estavam no BNDES II R$ 6 milhões para construção da maternidade, inclusive com UTI materna e neonatal. Pois, o Governo alterou a planilha de investimentos do BNDES. Enquanto Catolé do Rocha ficou sem a sua maternidade, ele usou o dinheiro para adquirir um avião”.

Gervásio esteve no último final de semana em Catolé, e pode atestar: “Se uma mãe precisar ter um filho naquela região, terá de correr para Patos ou Sousa, porque sem anestesista a mãe não poderá ter o seu filho em sua cidade.”


Fome zero: RC insiste na licitação para comprar nove toneladas de frutos do mar

Não adiantaram muitos os apelos de alguns deputados, nem toda a repercussão negativa perante a opinião pública: o Governo Ricardo Coutinho iniciou, na manhã desta quinta-feira (dia 12), o processo licitatório para aquisição de nove toneladas de frutos do mar, do tipo lagosta e camarão de primeira, além de outras oito toneladas de carne, frango e enlatados.

A licitação prevê ainda a compra de 48 mil latinhas de refrigerantes e 180 quilogramas de sal, revelando que o governador realmente não está preocupado em fazer dieta. Deputados querem saber, na Assembleia, se “essa ação foi aprovado no Orçamento Democrático”.


Mensalão: PF instaura inquérito para investigar Lula

A Polícia Federal acaba de instaurar inquérito para apurar se o ex-presidente Lula teve participação no escândalo do Mensalão. O prazo inicial para os procedimentos de investigação é de 30 dias, conforme revelou a PF. Como se sabe, durante o julgamento do Mensalão pelo Supremo, Lula não foi investigado, apesar das denúncias do marqueteiro Marcos Valério.

Segundo a reportagem da Folha de São Paulo, Marcos Valério revelou para a Polícia Federal que, entre outras acusações, que “Lula, o ex-ministro Antonio Palocci e Miguel Horta, então presidente da Portugal Telecom, negociaram repasse de US$ 7 milhões para o PT.” As investigações foram solicitadas pela Procuradoria da República do Distrito Federal.

Confira reportagem na íntegra


Renato Martins reaparece e diz que não precisa se explicar sobre denúncias de corrupção no Governo: “Estão em toda esquina”

O vereador Renato Martins reapareceu. Como se sabe, após denunciar, através de redes sociais, um esquema de corrupção no Governo do Estado, o parlamentar, que não foi reeleito, aparentemente resolveu “dar um tempo”. Na manhã desta terça (dia 18), Renato revelou ter feito as denúncias a partir do que “se conversa em toda esquina”.


Deputado diz que RC agiu de forma “leviana, inconsequente e irresponsável” e “muitos lava-jatos virão”

O deputado João Henrique voltou à carga, em sua pendenga com o governador Ricardo Coutinho. Um dia após ser rebatido pelo deputado Ricardo Barbosa, afirmando que ele estava criticando RC, por estar com saudades da base governista, João Henriques acusou o governador ter agindo de forma “leviana, inconsequente e irresponsável”, quando afirmou que compraria qualquer deputado se quisesse.