APÓS CRÍTICAS DE WALLBER Romero confirma pré-candidatura ao governo e que não pretende antecipar calendário eleitoral

O ex-prefeito Romero Rodrigues rebateu, esta tarde (sexta, dia 24), declarações do deputado Wallber Virgolino, afirmando que ele teria perdido as condições para ser candidato ao governo do Estado, em 2022. Romero evitou o confronto direto com Wallber, reafirmou sua pré-candidatura ao governo, lembrou que cada um trabalho com seu próprio tempo, e não pretende adiantar o calendário eleitoral.

“Compreendo o tempo dele, o tempo dele nem sempre é o meu tempo e nem o da política, daqui a um ano ainda não vão ocorrer as eleições, o período que nos distancia das eleições são mais de 12 meses”, pontou Romero, entendendo que o processo eleitoral ainda está muito distante e não adianta querer antecipar o pleito.

E arrematou: “Naturalmente, temos que montar uma programação, com base em planejamento e organização. Eu lembro que, nas eleições de 2020, na qual ele (Wallber Virgolino) disputou, as candidaturas foram apresentadas em julho. É cobrar muita antecipação. Eu estou trabalhando nos bastidores todos os dias.”

Wallber – Em declarações à Imprensa, Wallber afirmou a falta de definição em relação ao presidente Bolsonaro, “tira de Romero credibilidade para seguir como candidato”.

E arrematou: “Na minha ótica, ele não tem mais condição de ser candidato. Recebo com bastante tristeza essa situação toda, pois já deveríamos estar na rua.”

E também afirmou que, com ou sem Romero, “o presidente Bolsonaro terá um palanque na Paraíba, nas eleições do próximo ano”.