“ATINGE MAIS CARENTES” Deputado critica aumento de 5,3% no preço do gás determinado pelo governo do Estado: “Um absurdo”

O deputado Cabo Gilberto denunciou, nesta terça (dia 11), que o governo do Estado acaba de determinar um reajuste médio de 5,3% o preço do gás natural na Paraíba. A resolução, estabelecendo a majoração dos preços, está na edição de 8 de janeiro do Diário Oficial do Estado.

“Isso é um absurdo que, em meio à pandemia, o governo venha reajustar itens que pesam diretamente na economia das pessoas mais carentes, como o gás de cozinha, além de atingir o segmento das pessoas que colocaram gás em seus veículos para economizar”, criticou o deputado.

De acordo com a resolução, o reajuste terá os seguintes percentuais: 5,3% no segmento Industrial, 5,3% (Gás Natural Veicular), 5,9% (Gás Natural Comprimido), 3,6 % (Comercial), 2,6% (Residencial), 6,2% (Energéticos de Baixo Valor Agregado), 6,4% (Geração Distribuída) e 5,7% no segmento Cerâmico e Mineração.

Conforme resolução governo, o reajuste foi aprovado pela ARPB (Agência de Regulação do Estado da Paraíba).

Bolsonaro – Em redes sociais, o vereador Carlos Bolsonaro repercutiu críticas do deputado Cabo Gilberto ao governador João Azevedo, pelo reajuste nos preços do gás. Na legenda da postagem, Carlos escreveu: “Da série: “Obviamente os senhores já sabem em quem orquestradamente colocarão a culpa!”