CANDIDATURA AO GOVERNO (vídeo) Nilda elogia Ricardo Coutinho e sinaliza reconciliação de Veneziano com o ex-governador

Declarações da senadora Nilda Gondim, mãe de Veneziano Vital do Rego, sinalizam para a iminente composição do senador com o ex-governador Ricardo Coutinho.

Durante entrevista à rádio Jovem Pan, nesta quinta (dia 27), Nilda disse: “Não tenho queixas, nem mágoas de Ricardo (Coutinho), ele foi um dos primeiros a apoiar Veneziano para o Senado. Ricardo fez muito pela Paraíba, não tem como negar. Agora, esse problema na Justiça cabe a ele se defender e mostrar sua defesa.”

E ainda: “Posso dar a minha opinião, de senadora e de mãe. Como mãe eu torço muito para que Veneziano tenha todas as condições de ser candidato a governador. É um sonho que ele sempre alimentou. Eu acho que agora ele tem todas as condições.”

Nilda também revelou que seu filho, ao contrário do sentimento que exterioriza por Ricardo Coutinho, tem, sim, mágoas do governador João Azevedo, pelo tratamento dispensado a Veneziano.

Suas declarações foram interpretadas como sinal de rompimento com João Azevedo, de um lado lado. E, de outro, parecem antecipar o processo de recomposição com Ricardo Coutinho, com quem rompeu, há dois anos, para seguir João Azevedo, à época, por conta de divergências no âmbito do PSB.

No paralelo, Veneziano voltou a se encontrar com o ex-presidente Lula e com o próprio Ricardo Coutinho, há poucos dias, quando as conversações avançaram para receber o apoio do PT na disputa ao governo do Estado.

Especulações de bastidores indicam, inclusive, que, durante o encontro, uma chapa começou a se desenhar com Luciano Cartaxo indicando o candidato a vice, podendo ser sua esposa Maísa. Já na disputa ao Senado o nome da preferência seria Luiz Coutinho, com Ricardo Coutinho indicando o 1º suplente.

Ainda segundo as especulações, o PT poderá apresentar como candidatos à deputação federal o próprio Luciano Cartaxo e Frei Anastácio. Ricardo Coutinho, ora inelegível, protocolou recurso ao Supremo Tribunal Federal para tentar disputar a deputação federal, ainda que sub judice.

CONFIRA TRECHO DA ENTREVISTA NA TV TAMBAÚ…