Cássio critica aliança do PSDB com PSB em São Paulo. E na Paraiba com RC?

Educardo Campos e Serra

Setores do Palácio da Redenção receberam com algum desconforto declarações do senador Cássio Cunha Lima, criticando uma aproximação do PSDB de Zé Serra com o PSB de Eduardo Campos. Tudo começou quando a mídia nacional registrou um recente encontro de Serra e Campos, que deveria ter sido sigiloso, em São Paulo.

Na sequência, Campos e Serra deram declarações calientes. O tucano afirmou que a candidatura de Eduardo Campos “é boa para o Brasil”. E como se estivessem orquestrados, Campos retribuiu: “Esse campo em que Serra sempre militou é mais próximo do nosso do que muita gente que está e esteve conosco na base de sustentação do presidente Lula. Todo mundo sabe disso.” Em http://bit.ly/16Pf4Uo.

Foi ai que o senador Cássio foi, aparentemente, escalado para registrar o desconforto do senador Aécio Neves. Segundo a Folha de São Paulo, o tucano paraibano afirmou: “Há um constrangimento quase generalizado. O partido sempre esteve ao lado do Serra em suas candidaturas à Presidência, ao governo, à prefeitura e ao ministério.”

Cassio ainda alfinetou, pelo visto pra não deixar dúvidas: “Agora é hora de ele (Zé Serra) estar ao lado do PSDB. Não é momento de projetos pessoais, e esse movimento que ele tem feito não engrandece o currículo que ele tem.” Como se o o senador paraibano censurasse a aliança entre os dois partidos, a partir de São Paulo. Mais em http://bit.ly/YRiR33.

Até ai, era apenas uma pendenga interna no PSDB. Mas, na Paraíba, ganhou outra conotação. Se o senador Cássio defende a aliança de seu partido com o PSB do governador Ricardo Coutinho, por que então criticar eventual entendimento entre o tucano Serra e o socialista Eduardo Campos? Não está no mesmo arco de alianças? O que vale para São Paulo também vale para a Paraíba?

Para muitos, especialmente alguns assessores do governador RC, foi um ato falho, sobre o realmente pensa o senador quanto à manutenção da aliança na Paraíba.