Literatura (O que eu li)


XXI Por do Sol Literário homenageia Francisco Pereira da Nóbrega e terá obras de Wills Leal, Ramalho Leite e Iveraldo Lucena

O grupo Sol das Letras promove, nesta quinta-feira (dia 24), mais um sarau literário, no pátio (Academos) da Academia Paraibana de Letras. A XXI edição do Pôr do Sol Literário fará uma homenagem póstuma ao escritor F. Pereira Nóbrega e terá debate com os livros dos escritores Wills Leal, Ramalho Leite, Iveraldo Lucena e Ronaldo César Carneiro.


XVIII Por do Sol vai homenagear Bichara e terá obras de Jessier Quirino, Antônio Mariano e Ed Porto

O grupo Sol das Letras promove, nesta quinta-feira (dia 18), mais um sarau literário, no pátio (Academos) da Academia Paraibana de Letras. A XVIII edição do Pôr do Sol Literário fará uma homenagem póstuma ao escritor Ivan Bichara e terá debate com os livros dos escritores Antônio Mariano e Jessier Quirino, além de lançamento de livro organizado pelo poeta Ed Porto.


Portal norueguês destaca lançamento de “Dom Agápito” em Oslo

O portal bilíngue Português Sem Fronteiras, publicado na Noruega, acaba de destacar o lançamento do livro “O Incrível Testamento de Dom Agápito”, do escritor paraibano Hélder Moura, realizado na última sexta-feira (dia 5), em Oslo. O lançamento ocorreu na Sala de Eventos da Embaixada do Brasil na Noruega, para a comunidade de língua portuguesa na cidade.


XVII Por do Sol vai homenagear Ascendino e debater obras de Damião Ramos e Ricardo Anísio

O grupo Sol das Letras promove, no próximo dia 21 de maio (quinta-feira), mais um sarau literário, no pátio (Academos) da Academia Paraibana de Letras. Esta XVII edição do Pôr do Sol Literário fará uma homenagem póstuma ao escritor Ascedino Leite e terá debate com os livros do professor e escritor Damião Ramos Cavalcanti, presidente da APL e do jornalista Ricardo Anísio.


Sobre um livro incrível… até no nome

Logo no começo do livro, somos advertidos: “Se você, leitor, não gosta de divagações sobre literatura e assemelhados, pule o capítulo. Seria perda de tempo prosseguir…” Mas, como que sabendo que o conselho esconde um desafio, é impossível não prosseguir, até para, no final, atestarmos se valeu a pena ou se deveríamos ter seguido as sábias palavras do escritor. Afinal, ele deveria saber o que escreve, só que, nesse caso, não sabia!