DISCURSO DE ÓDIO (vídeo) Vereador defende 50 tiros na cabeça e 50 facadas em quem “votou em João Azevedo e Bolsonaro”

Impressiona, cada dia mais, o acirramento de extremos no Brasil. O discurso do ódio tem permeado a atividade política no País, desde os menores cargos públicos até o primeiro escalão da República.

O vereador Sarita (Cidadania-Santa Rita), por exemplo, gravou um vídeo em que prega abertamente a violência: “Quem votou em João Azevedo merece um tiro na cabeça e quem votou em Jair Messias Bolsonaro, Messias ‘Bosta’, merece 50 tiros e 50 facadas”.

O vídeo publicado, inicialmente, pelo Blog paraibaradioblog.com também pode ser conferido aqui…