ENCONTRO DE LULA E FHC Pedro avisa que não há a menor possibilidade de votar no petista: “Juntar com o PT é tragédia ética”

O ex-presidente Lula postou em redes sociais, nas últimas horas, foto de um encontro mantido recentemente com o também ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Segundo as postagem de Lula, o almoço ocorreu a convite de Nelson Jobim, ex-ministro da Defesa no governo do petista, e foi “uma longa conversa sobre o Brasil, sobre nossa democracia e o descaso do governo Bolsonaro no enfrentamento da pandemia”.

A foto e as especulações em torno do encontro, no entanto, já enfrentam reações no ninho tucano, pelo País afora, inclusive a Paraíba. O deputado Pedro Cunha Lima foi enfático: “É impossível que o PSDB apoie o PT nas eleições de 2022. Nos juntamos com o PT é uma tragédia ética… Eu considerou muito ruim esse cenário de polarização e de radicalização entre Lula e Bolsonaro.”

Após o encontro, FHC teria declarado que votará em Lula, caso o petista vá pra o segundo turno contra Bolsonaro. Já o deputado Pedro afirmou que, na possibilidade de Lula e Bolsonaro passarem para um eventual segundo turno das eleições do próximo ano, “não há a menor possibilidade de estarmos em Lula”. E arrematou: “Em qualquer cenário, não iremos votar no PT”.