FIM DO IMPASSE Policiais penais aceitam proposta de incorporar 100% de bolsa mais reajuste linear de 10%

Pelo menos uma das categorias de policiais fechou com o governador João Azevedo. Em reunião realizada, esta terça (dia 11), na Granja Santana, Polícia Penal fecharam acordo com a proposta oferecida pelo governador, estabelecendo incorporação de 100% da bolsa desempenho em 48 meses e do reajuste salarial de 10% com efeito imediato. Também será aplicado um aumento de 24% no auxílio alimentação.

Segundo Wagner Falcão, presidente da Associação Geral dos Policiais Penais,  o que prevaleceu foi o diálogo: “Nós agradecemos a sensibilidade do governador que garantiu a isonomia entre as forças de Segurança. Hoje, temos uma melhor condição financeira, avaliamos os números e, numa votação unânime e sem abstenção, aceitamos a proposta de muito bom grado porque sabemos que o governo vai cumprir os compromissos.”

Ainda participaram do encontro o secretário executivo João Paulo Barros (Administração Penitenciária) e Manoel Leite (representante do Sindicato dos Servidores da Secretaria da Administração Penitenciária).

Em curso – Até o final da semana, haverá também o desfecho das negociações envolvendo a Polícia Militar e a Polícia Civil. O governador apresentou às duas policiais as mesmas condições que foram aceitas pelos policiais penais. Até lá, as negociações seguem em curso, com a realização de assembleias.