FOGO DE MONTURO Ausência de Ana Cláudia em reunião do governo aumenta tensão na relação entre Veneziano e João Azevedo



A ausência da secretária Ana Cláudia (Articulação Municipal) na reunião convocada pelo governador João Azevedo, nessa segunda (dia 18), com deputados e auxiliares, parecem, à primeira vista, sinalizar para o aprofundamento da crise com o senador Veneziano Vital do Rego.

É bem verdade que nem todos os secretários foram convidados, mas não ficou explicitamente claro o critério para a participação na reunião. O “desconvite” foi interpretado, por aliados de Veneziano, como mais uma demonstração de “desapreço” do governador com sua esposa.

Presentes – Estiveram presentes os secretários: Deudeste Queiroga (Infraestrutura), Fábio Andrade (procurador-geral do Estado), Geraldo Medeiros (Sáude), Jean Nunes (Segurança), Lídia Moura (Mulher), Marialvo Laureano (Receita), Murilo Galdino (Articulação Política), Nonato Bandeira (Comunicação), Roberto Paulino (Casa Civil), Ronaldo Guerra (Chefe de Gabinete) e Tibério Limeira (Desenvolvimento Humano).

Crise – Pelo sim, pelo não, o senador Veneziano Vital do Rego, presidente estadual do MDB, convocou reunião do partido, na próxima sexta-feira, para definir se a legenda seguirá com João Azevedo rumo as eleições do próximo ano.

Mas, entre militantes, a sinalização é se afastamento do governador, com eventual pré-lançamento da candidatura de Veneziano.