JÁ A PARTIR DE JANEIRO Governador envia MP para a Assembleia estendendo reajuste de 10% para todo funcionalismo

O anúncio foi feito esta manhã, com o envio de Medida Provisória à Assembleia Legislativa. Com a MP, o governador João Azevedo decidiu estender, para todo o funcionalismo, reajuste linear de 10%, já concedido, antes, para os policiais civis e penais.

O aumento será estendido também aos aposentados e pensionistas. E, ainda de acordo com a proposta, os professores da rede estadual terão um reajuste de 31,3%, seguindo o piso nacional. A MP deverá ser votada em regime de urgência na próxima semana.

No caso das forças de segurança, além do reajuste, também haverá a incorporação de 100% da bolsa desempenho, no prazo de 48 meses, sendo 20% de imediato. Também haverá reajuste de plantões e gratificações específicas de categorias que há anos reivindicavam tais benefícios.

No momento, ainda se encontra em aberto as negociações com a Polícia Militar. Das seis entidades representativas da categoria, apenas o Clube dos Oficiais acatou a proposta do governador, nos mesmos termos da Polícia Civil e Polícia Penal.

Impacto – De acordo com o governo, com o reajuste implantado já nos contracheques do mês de janeiro, o impacto anual na folha de pagamento do Estado será de R$ 840 milhões, sendo R$ 253 milhões só com as forças de segurança.