Milton Hatoum no Salão de Paris: “Você precisa ser muito corajoso para escrever”



Milton Hatoum

Milton Hatoum foi um dos escritores mais celebrados durante o Salão de Livros de Paris. A mesa da qual participou, teve inclusive um assistente ilustre, o presidente François Hollande, que esteve apenas nesta oportunidade no estande montado para o Brasil. Autor de livros como “Relato de um Certo Oriente”, “Cinzas do Norte” e Dois Irmãos”, Hatoum é um dos escritores brasileiros mais lidos na França.

“Você precisa ser muito corajoso para escrever, porque a coragem é fundamental para quem quer escrever. Se não entrar naquilo com coragem, não há. Não é só talento. O talento é importante, mas você tem força para encarar aquilo e saber que o romance é um jogo de paciência, que vai ficar amarrado naquilo, pensando dia e noite, é preciso ter coragem”, disse Hatoum aos jornalistas.

Numa rápida conversa com o Cais Literário, antes de sua palestra, Hatoum falou sobre viver de literatura no Brasil: “Não é fácil. O Brasil não tem uma tradição literária, não tem muitos leitores, e o nosso ensino público foi destruído durante o regime militar e recuperar isso é muito difícil. Uma sociedade que lê, ela lê na escola, as crianças e os jovens. Mas, eu não posso reclamar porque, para os padrões brasileiros, eu tenho muitos leitores.”

Depois, Hatoum falou sobre a importância do Salão de Paris para melhor posicionar o escritor brasileiro na França, um dos maiores mercados editoriais do mundo: “Eu vim à feira em 1998, em que o Brasil foi homenageado, então faz muito tempo, faz 20 anos. Mudei muito, tinha apenas um livro publicado, ‘Relato de certo oriente’, e neste período o Brasil mudou muito…”

E arrematou: “Há mais leitores no Brasil e acho que agora, eu senti ontem (sábado), participei de duas mesas, uma com o escritor franco-libanês Amin Maalouf, outra com meu tradutor francês (Michel Riaudel) e eu vi que a maioria da plateia era de franceses. Não é mais um escritor brasileiro falando para brasileiros em País. Então, acho que há interesse… Até porque o Brasil é hoje a 7ª economia do mundo.”

Confira pequeno trecho da conversa com do jornalista Hélder Moura com o escritor Milton Hatoum no Salão de Livros de Paris…