MIMOS NA CALVÁRIO Ministra derruba medida cautelar e Estela não precisa mais cumprir recolhimento noturno

A ministra Laurita Vaz (Superior Tribunal de Justiça) acaba de liberar a deputada Estela Bezerra do recolhimento domiciliar noturno. A parlamentar vinha cumprindo cautelares, desde fevereiro de 202o, por determinação do próprio STJ e do desembargador Ricardo Vital, relator dos feitos da Operação Calvário junto ao Tribunal de Justiça.

Estela foi liberada apenas da obrigatoriedade do recolhimento noturno. As demais cautelares continuam em vigência, dentre as quais vedação de circulação em feriados e finais de semana, deixar a comarca sem autorização judicial, proibição de se reunir com outros integrantes da organização criminosa desbarata na Calvário.

Em sua decisão de liberar cautelares de Estela, Laurita atendeu pedido de sua defesa, solicitando da extensão de benefício similar concedido a Ricardo Coutinho, em decisão anterior da 6ª Turma do STJ, que arbitrou pela liberação da quarentena noturna para circular à noite (após às 20h), e também nos finais de semana e feriados.