QUEREM SER CANDIDATOS… Mídia nacional diz que Ricardo Coutinho e pivô do “Mensalão do Dem” tentam em DF anular inelegibilidade

A mídia nacional tem registrado esforços do ex-governador Ricardo Coutinho para tentar extinguir com sua inelegibilidade, decretada pelo Tribunal Superior Eleitoral, pela condenação no julgamento da Aije do Empreender e PBPrev, que vai até novembro deste ano.

Com a inelegibilidade em curso, o ex-governador não ser candidato às eleições de outubro deste ano. Mas, provavelmente com o aval do ex-presidente Lula, vem tentando encontrar uma saída para derrubar nas cortes de Brasília a sua punição.

Nesta quinta (dia 11), O Antagonista postou ações de Ricardo Coutinho e também do ex-governador José Eduardo Arruda (Distrito Federal), para tentar reverter suas condenações por inelegibilidade.

Na postagem, Eduardo é lembrado como pivô do escândalo que ficou conhecido como “Mensalão do DEM”. Como se sabe, quando era filiado ao partido, cometeu vários traquinagens, até ser preso, enquanto ainda era governador do Distrito Federal.

Já Ricardo Coutinho é tachado de “Cabral socialista”, em alusão ao ex-governador Sérgio Cabral que já se assumiu cleptomaníaco (ladrão) e carrega condenações de mais de 300 anos por vários delitos contra o erário do Rio de Janeiro. (mais em https://bit.ly/3L7i9qd)