REAÇÃO Anísio diz que Cartaxo precisa explicar porque deixou o PT no Mensalão e agora volta: “Só pra ganhar um mandato?”

A filiação surpresa do ex-prefeito Luciano Cartaxo ao PT surtiu alguns efeitos imediatos e contrários. De um lado, a calorosa recepção do ex-governador Ricardo Coutinho. De outro, a rejeição do deputado Anísio Maia, para quem Cartaxo precisa explicar porquê retornou ao partido.

Segundo Anísio, Cartaxo gestor abandonou o PT no auge do Mensalão, “quando o partido sofria as maiores dificuldades, mas agora, como o cenário é favorável, então ele retorna como se nada tivesse acontecido, e com uma filiação imposta de cima pra baixo”.
“Primeiro, nós precisamos saber qual foi a missão delegada a ele aqui na Paraíba? Depois, precisamos avaliar se iremos concordar ou não. É bom ressaltar que todos saibam as circunstâncias como ele saiu do PT, fazendo pesadas críticas à sigla, ele é que tem que dar satisfação à militância do PT sobre essas suas duas atitudes”, pontuou.
Por fim, Anísio indagou: “Queremos saber qual sua participação na conjuntura nacional. Temos hoje uma aliança com o governo a João (Azevedo), que garante o apoio a Lula no seu palanque. Então para fortalecer Lula, o que ele vai formular ao partido como proposta?”
E arrematou: “A percepção é que o foco de Cartaxo, que abandonou a legenda quando estava com um mandato de prefeito na mão, e agora volta para o partido, é unicamente para tentar conquistar mais um mandato, provavelmente porque não teria condições de se eleger pelo seu partido, o PV.”