Um pinico pra eleitora



Nas eleições de 2002, Sousa estava em pé de guerra, diante do ferrenho antagonismo entre partidários de Cássio Cunha Lima e Roberto Paulino.

Certo dia, Marcos Caiçara, partidário de Cássio e sabendo como o ex-vereador Paloca era simpatizante de Paulino, gritou de longe para o desafeto, em tom de gracejo: “Paloca, toda vez que minha mulher avista Cássio, se mija todinha…”

Paloca entendeu a provocação, ficou injuriado e então respondeu irritado, inchando as veias do pescoço: “Pois, dê um pinico a ela!”